Como Fazer Pintura Hidrográfica – Water Transfer Printing

water-transfer-printingWater Transfer Printing ou pintura hidrográfica é uma sensação no Brasil, em outros países como é o caso dos Estados Unidos essa técnica já é bem popular e muito usada para customização de objetos, principalmente para personalização de carros. A pintura hidrográfica consiste em mergulhar o objeto que se deseja fazer a customização em um recipiente com o revestimento que a pessoa deseja para personalizar o item. As possibilidades são enormes, basta apenas na criatividade.

Como fazer pintura hidrográfica

E hoje vamos mostrar passo a passo como fazer pintura hidrográfica que você pode usar tanto para uso próprio como para ganhar dinheiro fazendo esse tipo de pintura. Existem algumas técnicas assim como existem vários nomes para essa pintura também, como por exemplo: impressão por imersão, impressão de transferência de água, hidro imersão, adesivagem hidrográfica, dentre outros nomes. Mas o que nos interessa aqui é como se faz e as principais técnicas dessa pintura.

Os dois principais métodos:

Existem dois métodos para realizar essa técnica, a primeira é com um jato da arte que você quer usar, por meio de um compressor ou objeto similar, técnica que é menos eficaz, mas também resolve o problema. O segundo método, e o mais usado, é o tradicional digamos assim, consiste em mergulhar o objeto desejado em um recipiente grande o suficiente para o seu item, nesse recipiente vai estar cheio da arte que você escolheu para personalizar, em seguida mergulha-se o objeto dentro do recipiente de forma calma e fazendo um ângulo de 30 à 45°, ângulo ideal para melhor fixação da arte, segundo profissionais.

Então vamos mostrar o passo a passo da segunda técnica, a tradicional, e que demonstra melhores resultados. Acompanhe.

Passo a Passo da Segunda Técnica

Limpeza da Peça

O primeiro passo é fazer uma limpeza na peça, no objeto que você deseja personalizar. A limpeza consiste lixar muito bem o objeto para criar melhor aderência e retirar sujeira, gordura ou qualquer outro tipo de resquícios que pode vir a atrapalhar o resultado final da pintura.

Temperatura da água e cuidados antes de mergulhar a peça

Mais um ponto importante é quando for colocar a película na água, a arte. A recomendação é que a água esteja a 32°C, aplicam-se também adesivos/fitas nas bordas do recipiente onde vai estar a “tinta”, isso é para evitar qualquer movimento na água para não modificar a arte que você vai usar. Outro ponto importante nessa fase é deixar a arte na água por no mínimo 2 minutos antes de mergulhar o objeto.

Aplicação do Ativador

Outra fase é aplicar o ativador no água que já contém a arte que vai ser usada. Aplica-se o ativador com certa distância, 20 cm, e deixe fazer efeito por 10 segundos para então começar o mergulho do item.

Mergulho

Agora vem a a parte mais legal para quase todos que trabalham ou fazem a pintura hidrográfica, o mergulho. O mergulho é o momento concreto em que o objeto vai sendo colocado dentro do recipiente para se transformar. Depois que terminar de mergulhar aos poucos o objeto e com o ângulo já mencionado aqui antes, com o item ainda submerso na água, retire toda a tinta restante da superfície, para então retirar seu objeto, isso depois de cerca de 1 minuto mergulhado no recipiente.

Depois que retirar sua peça personalizada, deixe secar de forma natural ou com certa ventilação. Em seguida se usa uma camada de verniz para além de dar mais brilho ao item, preservar também por muito mais tempo a arte.

Aplicações da Pintura Hidrográfica

A pintura hidrográfica se aplica a quase todos os tipos de material desde alumínio até vidro. As peças também variam desde canetas até aerofólios de carros. Como você pode perceber é uma gama enorme de possibilidades, parando apenas na sua criatividade.